Compartilhar share

Orla extensa é um dos diferenciais do extremo sul

Publicado em 19/02/2021 às 16:39 - Atualizado em 19/02/2021 às 16:40

A área litorânea do extremo sul catarinense faz um circuito turístico em que as praias da região Caminho dos Canyons são de mar aberto e longa extensão de orla, chegando a 20 km, como é o caso de Balneário Arroio do Silva e Balneário Gaivota. Há capacidade para receber uma grande demanda de turistas.

Segundo a coordenadora de Turismo e Cultura Amesc (Associação Dos Municípios do Extremo Sul Catarinense), Helen Becker, um dos mais belos cartões-postais de Santa Catarina, o Morro dos Conventos, está situado na região Caminho dos Canyons.

Em Araranguá, além do Morro dos Conventos tem Balneário Ilhas. O turista pode desfrutar da paleofalesia e da comunidade açoriana e sua gastronomia típica.  Os demais municípios como Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota e Passo de Torres são procurados para o turismo de verão. Praias, lagoas e parques aquáticos integram este mapa litorâneo de alternativas.

Passo de Torres com suas 24 praias, a maioria delas praticamente intocada, é a recepção de Santa Catarina por quem chega via Rio Grande do Sul ao estado de Santa Catarina. Uma das mais procuradas é Bella Torres, que possui um calçadão com canchas esportivas, uma praça e um campo de futebol suíço iluminado, além de vários bares, um hotel e um clube. A 15km do centro, em direção ao norte, fica o Parque Ecológico Espigão do Pirutu, com belas colinas e morros. Seus rios, lagoas e exuberante vegetação nativa são um convite ao passeio. A gastronomia é outro ponto forte do município, em que é possível experimentar deliciosos pratos à base de frutos do mar.

Na sequência há Balneário Gaivota, um dos mais jovens municípios de Santa Catarina, mas sendo um dos municípios que mais vez crescendo em Santa Catarina, ficando entre as 10 cidades que mais cresceram em população (Fonte IBGE 2017). Com uma das maiores extensões de orla no estado, o balneário se destaca pela preservação das dunas com os acessos pelas passarelas. A preservação da orla marítima faz com que haja um cenário bem cuidado e atrativo, com as passarelas, que ganham componentes turísticos e formam um cartão-postal para os registros. Com sete lagoas em seu território oportuniza  a prática de esportes náuticos em algumas delas como a Lagoa de Fora e Lagoa Cortada.

Araranguá possui uma série de atrativos que começa com o rio que atravessa todo o município e se tornou um patrimônio da região. Sua foz, buscando o mar nas proximidades do Morro dos Conventos, faz parte do cenário ecológico que é o símbolo da cidade. O encontro do Rio Araranguá com as águas do mar proporciona um belo espetáculo para o turista. Considerado também um ótimo local para a pesca. O Rio Araranguá é o único no Continente Americano que muda de cor, indo do azul turquesa ao verde musgo, este processo se dá devido a concentração de metais em suas águas.

Rico em belezas naturais, o Morro dos do Conventos é muito procurado na temporada de verão por turistas brasileiros e estrangeiros. Com o seu farol, lendas, furnas, dunas, praias, lagoa e o Rio Araranguá, o lugar não só oferece paisagens privilegiadas, formadas pela natureza, como também é um excelente local para a prática de esportes como voo livre, ciclismo, stand up paddle, surf, sandboard, corridas rústicas e rapel. O mirante do Morro dos Conventos, onde fica o Farol da Marinha, construído em 1953, é um dos locais do Estado de Santa Catarina, onde se pode observar as baleias Francas. A Furna, que já abrigou povos indígenas, e as trilhas que circundam o Morro dos Conventos são algumas opções para um passeio mais aventureiro.

A comunidade de Ilhas, nas margens do Rio Araranguá, possui uma economia voltada para a pesca e o artesanato. O povo de Ilhas tem uma ligação as raízes açorianas, valorizando assim toda a sua cultura e tradição, que possibilita ao visitante conhecer as culturas e tradições de uma comunidade pesqueira.

Balneário Arroio do Silva conta com larga faixa de areia e é conhecido nacionalmente pela Arrancada de Caminhões, realizada durante a temporada de verão. Quando acontece o evento, duas semanas após o carnaval, a população do município passa de quase 13 mil para 200 mil pessoas vindas de todos os estados do país. Tanto a praia como as ruas, bares e restaurantes lotam e a exploração turística torna-se o principal filão econômico da cidade. Para manter esta frequência, são realizadas outras promoções de verão, como o Mega Réveillon, o Carnarroio e um calendário de eventos repleto de shows e atividades durante a temporada.

 

Renata Tonetto Angeloni

Assessoria de comunicação AMESC

imprensa@amesc.com.br


Galeria Multimídia

{{grupo.nome}}
  • {{grupo.items.length - 12}}
    {{item.codGaleriaMultimidiaItem}}
Fechar
publish