Compartilhe
Araranguá

Saúde de Araranguá faz mutirão de exames para zerar fila de espera

Publicado em 20/03/2013 às 00:00 - Atualizado em 08/09/2016 às 14:36

A Administração Municipal, através da Secretaria de Saúde está promovendo uma ação que beneficiará muitas pessoas, especialmente quem está na fila de espera por exames há muito tempo. Até 20 de abril o mutirão de exames suprirá a demanda que estava reprimida entre 12 e 14 meses.

De acordo com a secretária de Saúde, Maria Aparecida Costa, através do Tratamento Fora do Domicílio (TFD), será feito contato com os pacientes. Se for preciso, será disponibilizado transporte também. “Todo paciente tem direto de saber o que tem. Isso se chama dignidade. Estamos dando a quem está na fila de espera a chance de saber que problema está enfrentando. Dessa maneira, o paciente pode buscar a solução da maneira que preferir, se não quiser ficar na fila do Sistema Único de Saúde (SUS), pode tentar buscar outra solução. Às vezes a pessoa está na angústia, sofrendo sem saber o que tem e pode nem ser algo grave”, relata a secretária.

O objetivo do mutirão é zerar a demanda de quem está na fila de espera há pelo menos 14 meses. “Limpar esta fila de espera nos dá fôlego também para atender melhor e mais pacientes”, explica Costa.

A secretária de Saúde também afirma que se não for através de mutirão, o procedimento para zerar as filas é difícil. “Estes exames estão no Sistema de Regularização (SISREG) e segue a sequência da fila. Se não fosse através deste método, a fila só poderia ser zerada por motivo de urgência. O Ministério Público acompanha todo agendamento”, afirma.

Para Costa, é uma satisfação realizar esta ação. “Para nós é de extrema importância saber que podemos proporcionar este auxílio, principalmente para quem espera há tanto tempo. Temos consciência de que nunca vamos zerar completamente a fila do TFD, mas se tivermos a possibilidade de ajudar quem precisa, é um trabalho muito positivo. Para esta ação ser realizada, foi feito um levantamento de custos que foi aprovado pelo prefeito Sandro Maciel”, diz.

Espera e necessidade

De acordo com a secretária executiva de Saúde, Rosane Kochhann, para realizar o mutirão, no primeiro momento foi feita uma auditoria. “Um médico auditor buscou os processos e avaliou a necessidade de cada um. Entramos em contato com as famílias de cada pessoa e alguns que estavam na fila de espera, já realizaram os exames por conta própria”, explica.

Mutirão de Exames

Serão realizados no mutirão:

100 ressonâncias magnéticas;
65 ecocardiogramas;
20 testes ergométricos;
15 cintilografia (tireóide, óssea e renal);
20 espirometrias;
10 estudos urodinâmicos;
50 densitometria óssea;
60 tomografias.

Dados: AIPM

Marca Assessoria e Consultoria em Comunicação - Assessoria de Comunicação AMESC 
Siga-nos: @amesconline // Página: facebook.com/amesconline


Galeria de Imagens

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Av. XV de Novembro, 911, Centro Cívico , Araranguá - SC
CEP: 88905-112